Capa » Aventuras » Trekking » Pedra da Quatinga- Paranapiacaba a Quatinga
Pedra da Quatinga- Paranapiacaba a Quatinga

Pedra da Quatinga- Paranapiacaba a Quatinga

Vamos a mais uma travessia (mini) maravilhosa e o melhor, baratinha, que fiz em um final de semana com o intuito de acampar na Pedra Grande da Quatinga ou somente Pedra da Quatinga.
Nos encontramos no sábado às 7:00h no metrô Brás e pegamos o trem para Rio Grande da Serra. Chegando lá, descemos e atravessamos a linha do Trem. Assim que atravessa a linha do trem ainda temos que atravessar a rua e seguir a direita e na sequência entrar a esquerda , logo que entrar a esquerda dá para visualizar o ponto do ônibus a sua direita, neste ponto é só pegar o que vai para Paranapiacaba e descer no ponto final.
O Tracklog começa a marcar no ponto de ônibus, dali é só descer e seguir em frente para atravessar a passarela. Caso não vá usar o mapa o negócio é achar a estrada de paranapiacaba, o que não é difícil é só perguntar aos moradores.
Seguimos por essa estrada até sairmos em um vilarejo lindinho chamado Taquarussu. Nesse vilarejo paramos para tirar algumas fotos e foi aí que um cachorro resolveu nos seguir. Achei que ele nos seguiria somente por algum tempinho, mas ele fez toda a travessia e ainda bivacou srsrsrsr.

Pedra da Quatinga
Pedra da Quatinga

Depois de pegar a estrada foi só seguir a trilha principal até a bifurcação que indica que a direita é a entrada do camping Simplão, então pegamos a esquerda.

A bosta acontece depois do pesqueiro rsrsrs. Pelos relatos que li, muitos se perdem ali e não foi diferente com a gente… ao invés de entrarmos a direita em uma trilha/estrada, nós continuamos e é lógico que rodamos um tempo antes de perceber que estávamos no lugar errado.

Portanto, prestem atenção em uma trilha/estrada que tem após o pesqueiro a direita.
Pedra da Quatinga

Outra coisa muito importante a dizer é que esta travessia não tem muitos pontos de água, o ideal é sair com água de casa, ou abastecer em Paranapiacaba. Em Taquarussu também tem como abastecer os cantis e o último ponto de água com cara boa é no pesqueiro.
Entrando na trilha a direita (depois do pesqueiro) após algum tempo você passa por uma casa com um lago na frente, a casa pode ser um ponto de água, mas o lago não estava lá essas coisas…
Depois desse ponto de água, até a Pedra Grande não tem mais água, então você deve subir para a pedra com água.
Caso você chegue na entrada para a pedra, que é a direita da trilha (tem um muro branco) sem água, não suba, é melhor passar direto na trilha e seguir até um riacho mais a frente (uns 20 min andando) e pegar água ali para subir. Como o sol estava estralando o chicote, nós resolvemos ir até o rio fazer o almoço e descansar na sombra até umas 18:00h, pq na Pedra não teria lugar para nos escondermos do sol e nem água a vontade para fazer comida.

Pedra da Quatinga

Deu nossa hora, juntamos as coisas e fomos para a entrada da trilha da Pedra Grande e começamos a subir e subir. Não marquei no relógio, mas a subida leva em torno de 40min a 1 hora.

Bom, chegamos ao cume e lá estava uma pintura dos deuses… o sol se pondo, estava um céu perfeito, um presente mesmo depois de tanta andança rsrsrs
Vou colocar aqui algumas informações que procurei antes de ir para essa travessia e não achei. Sim, dá para acampar no cume da Pedra Grande de Quatinga, colocamos 3 barracas e ainda cabiam mais. Se vc assim como eu tem uma barraca que não é auto portante, fique tranquilo, lá em cima tem como prender os espeques.
Durante a noite ainda tivemos que tomar um susto, um grupo chegou as 03 ou 04 da madruga para orar no cume da Quatinga , fizeram a oração com 10 min e desceram… fala sério… só pra nos assustar mesmo rsrsrsrs
Alguns dormiram na barraca , outros bivacaram (o céu estava lindo demais) e as 08:00h começamos a desmontar acampamento e tomar café da manhã.
As 09:00h começamos a descer e seguir a trilha para a Pedra da Quatinga, onde pegaríamos um ônibus para voltar.No final da trilha da Pedra você vira a direita e segue rumo ao fim da travessia. Acredito que foram 40 min para descer até o pé da Pedra e mais 1 hora e meia até o ponto de ônibus.
A trilha termina com um campo de futebol a esquerda e o ponto também fica a esquerda logo depois de um mercado.
Pegamos ali um ônibus que deixa na estação de trem de Mogi e dali cada um tomou seu rumo.

Pedra da Quatinga

Participantes da Trip, da esquerda para a direita: Raphael Bernardes Santelli,Bianca Elias, Leonardo Mauro, Carlos Junior,Thiago Brito, Gisely Bohrer

É importante lembrar: Se você decidiu fazer uma viagem de aventura, principalmente para fora do país, a recomendação é que você faça um seguro viagem com cobertura para esportes outdoor. Clique aqui para saber mais.

Dicas para Pedra da Quatinga

  • Dar uma passadinha no rio para fazer o almoço e repor a água.
  • A travessia é muito exposta, passe protetor solar.

Trilha

Nível: Moderado
Data da trilha: 01/02/2014 a 02/02/2014
Total percorrido: 21,565 km
Pedra da Quatinga: 1.120m

Arquivos

Tracklog no Wikiloc: Paranapiacaba x Quatinga
Álbum de fotos no Facebook: A Montanhista

Custos

Ida

  • Metrô + trem até Rio Grande da Serra = R$ 3,00
  • Ônibus para Paranapiacaba = R$ 3,05

Retorno

  • Ônibus para Mogi da Cruzes = R$ 3,00
  • Trem + Metrô = R$ 3,00

Sobre Gisely Bohrer

Gisely Bohrer
Mineira de nascimento, Vila-Velhense (canela-verde) de coração, analista de importação, estudante de Turismo, blogueira e viciada em esportes. Trekking, corrida e musculação ocupam boa parte do seu tempo livre. Começou no trekking através do Clube de Desbravadores e desde então é sua paixão. Além dos esportes, ama viajar e ler um bom livro. Vive tudo intensamente para esta vida ser suficiente.

5 comentários

  1. Oi Gisely. Tudo bem?

    Sabe me informar se para essa trilha também é necessário o guia? Queria muito fazer mas o centro de visitantes não sabe me dar a informação direito. Como essa você não tirou do ar, gostaria da informação.

    Obrigada

    • Gisely Bohrer

      Oi Letícia, eu acredito que esse local não faz parte das trilhas proibidas, pois também pedi informações e não estava dentro da região onde os guias atuam. Fiz a travessia sem nenhum problema e o local não tem qualquer restrição. A única coisa não muito boa é que o local é bem acessível e se leu o relato fomos surpreendidos por pessoas no meio da madrugada que diziam ter subido para orar…

  2. Oi Gisely !!
    Que bacana suas expedições …. e o blog detalhado, com dicas e orientações, parabéns !!
    Por acaso você sabe se há grupos que se reunem para marcar trilhas ou locais que fazem para certos locais bacanas, que você indica?
    Vire e mexe tenho vontade mas aí não bate com os dias em possibilidades de amigas e pra ir sozinha fico insegura.
    Se puder me ajudar, agradeço.
    Abs

    • Gisely Bohrer

      Oi Kelly tudo bem? Eu não conheço nenhum grupo. Talvez fosse uma boa vc começar fazendo com agências ou guias… é uma forma de começar.

      • Oii, moro bem próximo do inicio da trilha e sempre estou subindo a Pedra Grande, já levei um grupo de amigos para acampar fizemos um luau lá em cima não tem perigo algum, já encontramos varias vezes grupos de pessoas fazendo oração, estou organizando para fazer esse Camping novamente e alguém estiver afim ou tiver alguma duvida sobre o acesso mais perto ou até mesmo sobre a trilha entra em contato no meu e-mail estarei a disposição !! Abraço ebertonats@live.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome. & GeekyCube.