Capa » Aventuras » Cassino: A Maior praia do mundo – Trekking – 2.º dia
Cassino: A Maior praia do mundo – Trekking – 2.º dia

Cassino: A Maior praia do mundo – Trekking – 2.º dia

“Depois da tempestade vem a bonança” e era nisso que eu tinha que acreditar. A natureza deu seu recado logo no início da travessia e nós entendemos.

Por volta das 08:30h a chuva deu trégua e aproveitamos para tomar café e arrumar nossas coisas para continuar a caminhada. E mais uma vez começamos tarde, estávamos com a quilometragem atrasada e precisávamos recuperar nesse dia.

No primeiro dia andamos 19 km, mas isso foi suficiente para nos distanciarmos da cidade e entrarmos na solidão do Cassino.
Ansiávamos em estar a sós e sem comunicação. Quanto mais nos afastávamos da cidade mais eu ficava feliz e eufórica.

A paisagem começou a mudar, além de areia começamos a ver alguns animais mortos e tinha de tudo, peixes, arraias, leão marinho, baleia, pinguim e outros que eu nem sei a espécie. O único animal vivo (tirando alguns cachorros no início e no final) que encontramos foi uma tartaruga, era linda, mas para mim ela não estava muito bem.

Nesse dia estávamos focados em andar muito e fazer no mínimo 30 km, mas os arroios, os animais e outras coisas acabaram nos atrasando.

E por falar em arroio… que “diabos” é isso? São canais de água que vinham da lagoa para o mar e infelizmente não são permanentes.
Nós tivemos sorte de ir em uma boa época, pois haviam muitos arroios e estavam bem cheios. Isso era bom por um lado, pois tínhamos água doce para beber e cozinhar e ruim por outro, pois atrasou muito nossa caminhada.
Alguns eram largos e fundos e estávamos tirando a bota para atravessar até que decidimos não perder mais tempo com isso, pois eram muitos e começamos a atravessar com bota e tudo. Quando eu falo fundo é fundo mesmo, alguns nós atravessamos com água quase na cintura.

Com a decisão de não tirarmos mais as botas matamos um problema e arrumamos outro, nossos pés estavam queimando por andar com muito peso e de botas molhadas sobre a areia.

A mochila ainda pesava, o corpo doía e agora o pé queimava e eu só conseguia pensar em quando veríamos os faróis, eu já tinha lido tudo sobre eles e queria ver, logo.

O tempo abriu na parte da tarde, o dia ficou lindíssimo e as 14:00h resolvemos parar para almoçar, fazendo depois um tempinho de descanso.

Depois do almoço a coisa é sempre pior, é a barrigueira da mochila que aperta a barriga cheia, é a leseira, mas tínhamos que apertar o passo.
Quando eu achava que íamos dar um adianto eis que surge no horizonte o navio naufragado chamado ALTAIR que é um dos símbolos da Praia do Cassino.
Aí não teve jeito, paramos para tirar fotos, admirar o naufrágio e aproveitar um pouco o arroio gigante que fica perto dele, a coisa mais linda.

Creio que ficamos por ali por mais de 1 hora e nem percebemos, aliás, percebemos quando deu 20:00h e tínhamos andado somente 20 km.

Quando o sol se pôs estávamos atravessando um arroio que mais parecia um rio, tinha até uma leve correnteza.
O corpo já estava pedindo arrego e todos já estavam famintos, então decidimos acampar ali, ao lado daquele arroio maravilhoso.

O local era ideal, pois mais para dentro da praia tinha um gramado e uma casinha abandonada que era um charme. Tinha ainda alguns cataventos de 90 m de altura, que formam o parque eólico do Cassino, uma paisagem encantadora.
Na minha opinião esse foi o por do sol mais lindo da travessia.
Foi maravilhoso poder deitar naquela grama e descansar, mas tivemos que conversar sério ali naquele paraíso.
Uma decisão foi tomada, ou andaríamos bem mais que 30 km no dia seguinte ou desistiríamos da travessia, pois não teríamos comida suficiente para fazê-la dessa forma. Do jeito que estávamos, andando 20 km por dia, terminaríamos em 12 dias.

E assim terminou nosso segundo dia na maior praia do mundo.


Leia também:

Cassino, o início: clique aqui.
Primeiro dia de trekking: clique aqui.
Segundo dia de trekking: clique aqui.
Terceiro dia de trekking: clique aqui.
Quarto dia de trekking: clique aqui.
Quinto dia de Trekking: clique aqui.
Sexto dia de trekking: clique aqui.
Sétimo dia de trekking: clique aqui.
Oitavo dia de trekking: clique aqui.

Cassino

O time

É importante lembrar: Se você decidiu fazer uma viagem de aventura, principalmente para fora do país, a recomendação é que você faça um seguro viagem com cobertura para esportes outdoor. Clique aqui para saber mais.

Expedição Cassino – Teaser

  • NOTA: Se quiser pernoitar no Farol Abardão e no Farol do Chuí uma solicitação deverá ser enviada à Marinha:

    Telefone – 53 – 3233 6322 Sargento Bittencourt
    email: bittencourt@ssn-5.mar.mil.br

  • Dicas para o início do Trekking da Praia do Cassino

    • Levar protetor solar;
    • Já iniciar com 3 litros de água e torcer para ter água nos arroios;
    • Levar roupa de frio

    Mapa da Trip

    Trilha

    Nível: Extremo
    Data da trilha: 18/04/2015
    Total percorrido: 235 km

    Arquivos

    Tracklog no Wikiloc: Praia do Cassino

    Custos

    Ida

    • São Paulo x Porto Alegre R$ 178,00 – TAM
    • Porto Alegre x Rio Grande R$ 63,00 – Planalto Transportes
    • Rio Grande x Cassino – R$4,45- Circular – P09 Cassino – Noiva do Mar
    • Taxi: R$ 30,00

    Retorno

    • Chuí x Pelotas – R$ 47,35 – Viação Expresso Embaixador
    • Pelotas x Porto Alegre – R$ 46,75 – Viação Expresso Embaixador
    • Porto Alegre x São Paulo – R$ 178,00 – TAM

    Pernoite

    • Camping do Sindicato dos Rodoviários no Cassino – R$ 40,00 – (53) 3236-6013

    Sobre Gisely Bohrer

    Gisely Bohrer
    Mineira de nascimento, Vila-Velhense (canela-verde) de coração, analista de importação, estudante de Turismo, blogueira e viciada em esportes. Trekking, corrida e musculação ocupam boa parte do seu tempo livre. Começou no trekking através do Clube de Desbravadores e desde então é sua paixão. Além dos esportes, ama viajar e ler um bom livro. Vive tudo intensamente para esta vida ser suficiente.

    2 comentários

    1. Adorei achar esse relato! Eu cresci indo ao Cassino e sempre volto la quando vou ao Brasil, e por muitos anos eu penso em organizar essa viagem com a minha familia, agora me deu mais vontade ainda. Parabens!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

    *

    Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome. & GeekyCube.