Capa » Artigos » Espírito Santo é simplesmente… Massa!
Espírito Santo é simplesmente… Massa!
Fotógrafo: Yuri Barichivich

Espírito Santo é simplesmente… Massa!

“HEIN, aqui, deixa eu falar pra vocês” … Esse é um post que ensaio escrever faz algum tempo. Confesso que meu medo era de não fazer jus às maravilhas do estado, porque um post sobre o ES merece “pocar” a boca do balão!

Foi então que a Expedia Brasil me propôs escrever sobre o Espírito Santo, e o que estava em rascunhos ficou pronto.
Vou escrever com muito carinho e prometo que o post não ficará “palha”, ok?

Eu não nasci, nem cresci no Espírito Santo, então eu não sou suspeita para falar que ele é um dos estados mais bonitos e completos do Brasil. Sempre digo a todos que ele é o estado de todos os climas.

O Espírito Santo tem praias lindas e limpas, tem cidades com clima de montanha e românticas (Domingos Martins, Campinhos, Santa Maria, Santa Tereza), tem trekking, tem escalada, tem raffiting e outros esportes menos conhecidos como a famosa competição do lenhador de Santa Maria de Jetibá (rsrsrs).

Considero-me Capixaba, pois morei 11 anos em Vila Velha (e por pedir pão de sal na padaria até hoje) e o amo desde que conheci. Por ser um estado pequeno, em poucas horas você consegue sair do calor da praia e curtir o friozinho das montanhas à noite.

O vídeo acima mostra um pouquinho do Espírito Santo. Além das maravilhas naturais a arte e a cultura também estão muito presentes no dia a dia dos capixabas. A moqueca, a torta capixaba, a capoeira, o congo… Enfim, o povo capixaba ainda festeja a cultura e a música dos povos de seu passado.

No fim do post vou deixar um vídeo “bônus” sobre o folclore capixaba.

E por falar em cultura, só no Espirito Santo você irá saborear o verdadeiro cachorro quente. Ele leva milho, ervilha, uva passa, queijo ralado, ketchup, maionese, mostarda, azeitona (com caroço) e o grand finale … um ovo de codorna “chuchado” com o dedo para dentro do pão. Haja coração! E estômago também.

Agora vamos falar do que você não pode deixar de fazer no ES:

TREKKING

  • Mestre Álvaro – Serra – ES

O Mestre Álvaro é considerado uma das maiores elevações litorâneas (planalto) da costa brasileira e abriga uma das últimas áreas de Mata Atlântica de altitude do Espírito Santo. É uma formação rochosa de origem vulcânica com cerca de 833 metros de altitude.

Ok? Mas e aí, é legal?

É um trekking que eu repito toda vez que vou para o ES. Sim, ele é lindo e viciante.

  • O Monte Mochuara – Cariacica – ES

O nome impõe respeito. O granito tem 724m de altitude e é um dos “queridinhos” dos trilheiros da Grande Vitória, junto com Mestre Álvaro e Morro do Moreno.
O diferencial do Mochuara é sua biodiversidade valiosa. Ele é morada de espécies ameaçadas, como o araçá do mato, pau d’alho, cobi da serra, cobi da pedra, jeriquitim e jeriquitibá e sua fauna é composta pôr beija-flores, pica-paus, lagartos e outros bichos.

Espírito Santo

Fotógrafo: Everton Dos Santos Gonçalves – https://www.facebook.com/evertonsg21

  • Morro do Moreno – Vila Velha – ES

O Morro do Moreno é o nosso passeio de domingo. É como ir à igreja… Acordamos, vamos à praia e depois damos aquela subidinha ao “Moreno”.

Ele não é alto, tem somente 187m, mas é de cima dele que temos uma das vistas mais lindas de Vila Velha. De lá avistamos a terceira ponte, o convento da Penha e o mar.

Existem várias rotas para se chegar ao cume do Morro do Moreno. Trilhas, vias de escalada e a subida normal que é leve, podendo ser feita por pessoas preparadas fisicamente ou não.

Assistir o nascer e o pôr do sol de cima do Morro do Moreno, não tem preço.

Espírito Santo

Fotógrafo: Blude CC BY 2.0 – https://flic.kr/p/56ufTp

  • Pico da Bandeira – Caparaó – Lado ES

Tem Pico da Bandeira sim!!!

A maioria das pessoas conhece o Pico da Bandeira como um pico de Minas Gerais, mas ele é do ES também. Você pode escolher um dos lados para subir ou subir por um estado e descer pelo outro, não é “massa”?

Existem muitos outros picos lindos e que inclusive fazem parte do Parque do Caparaó, mas que não vou colocar no post para não me estender muito, mas vale a pena pesquisar e fazer.

Espírito Santo

Fotógrafo: Frtelles (Own work) [CC BY-SA 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], via Wikimedia Commons

  • Passos de Anchieta – Anchieta x Vitória

Os Passos de Anchieta resgata o trecho de 100 quilômetros compreendidos entre Anchieta e Vitória que José de Anchieta percorria regularmente duas vezes por mês, o denominado “caminho das 14 léguas”.

Esse é um trekking lindo, que passa por cidades, praias e matas e de longo percurso. Vale a pena fazer uma vez na vida.

Espírito Santo

Fotógrafo: Everton Dos Santos Gonçalves – https://www.facebook.com/evertonsg21

  • Cachoeiras

Temos muitas cachoeiras no estado, em Itarana, Linhares, Santa Maria de Jetibá, Santa Leopoldina, enfim, são muitas, mas uma das mais famosas é a cachoeira de Matilde.

“Véi” fala sério? Tem praia, cachoeira, montanhas, cidades românticas, escalada e tudo isso sem ter que ir longe.

Espírito Santo

Fotógrafo: Everton Dos Santos Gonçalves – https://www.facebook.com/evertonsg21

Escalada

Quando pensamos em escalada, o Rio de Janeiro vem à cabeça. O Rio tem a tradição, mas a cada dia, a escalada no ES tem sido mais explorada e mostrada ao público interessado.

Vou tentar mostrar um pouquinho da escalada no estado, com fotos e um vídeo do conhecido escalador capixaba e cinegrafista Oswaldo Baldin.

Como tudo no post é resumido, vamos à cidade que resume “escalada” no ES: Pancas!

Você já ouviu falar em Monumento Natural dos Pontões Capixabas? Se não ouviu e nem viu é hora de saber que ele é um monumento natural administrado pelo IcmBio e fica em Pancas!

Não é lindo?

Espírito Santo

Fotógrafo: KarlaFPaiva (Own work) [CC BY-SA 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], via Wikimedia Commons

Este município é um dos que mais concentra paredes rochosas no estado, formando uma extensa cadeia montanhosa que impressiona e se estende até o município vizinho de Águia Branca. Unidos por essas inúmeras montanhas aglomeradas umas as outras, estes dois municípios formam o “Monumento Natural dos Pontões Capixaba”: um promissor destino para a prática do montanhismo, vôo livre, e outros esportes de aventura. Oswaldo Baldin

O que não falta em Pancas é lugar para escalar. A Pedra da Agulha é sem dúvida a menina dos olhos. É o maior monólito em forma de agulha do Brasil. É a segunda maior chaminé do Brasil, com 500m de altura. E ai, vai encarar?

Claro que a cidade tem muitos outros points de escalada. Vou deixar o link da matéria do Oswaldo Baldin na revista Mountain Voices, onde ele comenta um pouquinho de alguns desses locais.

Passeios

  • Vila Velha

Ao invés de escrever, vou mostrar Vila Velha através do vídeo de Joel Miranda.

Para quem gosta de conhecer TUDO, vou deixar o mapa da cidade com todos os pontos turísticos. Esse mapa é bem completinho, vale a pena baixar.

Agora vamos falar um pouco dos locais que você não pode deixar de visitar quando estiver em Vila Velha.

Convento da Penha

O Convento da Penha é um dos santuários religiosos mais antigos do Brasil. O lugar é lindo e merece uma visita.

História “sinistra” do convento: Especula-se que frei Pedro Palácios morava numa gruta que ficava aos pés da ladeira do convento, onde era mantido um quadro de Nossa Senhora da Penha. A composição desapareceu três vezes e em todas as ocasiões fora encontrado no alto do morro onde está construído o convento. Por isso o convento foi construído no alto.

Espírito Santo

Fotógrafo: Yuri Barichivich – http://www.yuribarichivich.com/

Fábrica de chocolates Garoto

Se você passar pelo bairro Glória, vai sentir um cheirinho de chocolate e é impossível não parar.

A fábrica conta com uma lojinha que fica aberta em horário comercial e na teoria você compra chocolates mais “fresquinhos”.

Você também pode visitar a fábrica, mas antes deve agendar a visita através do site.

Espírito Santo

Fotógrafo: Maurício Oliveira – http://www.trilhaseaventuras.com.br/

Museu Ferroviário – Trem Vitória x Minas

O museu é tudo de lindo, não tem como NÃO fazer esse tour. E pra quem não sabe, você pode viajar de Vitória (ES) até Belo Horizonte (MG) de trem.

E não é qualquer trem, é “o trem”, com direito a comissárias de bordo, lanchonete, ar condicionado e um preço justo.

Espírito Santo

Fotófrafo: Fábio Goveia CC BY 2.0 – https://flic.kr/p/59ipG4

Praias

Difícil falar das praias. Eu amo várias, mas vou começar pela Praia da Costa. Essa é uma praia para frequentar de dia e de noite.

Limpa e bem estruturada, conta com Quiosques, bares e restaurantes, orelhão na forma de Marlim Azul (nunca esqueceria dele), um calçadão e um posto para medir pressão e batimentos cardíacos.

Agora, se você está em forma, e seu bronzeado está em dia, o point é Beverly Hills e não é nos Estados Unidos, é a nossa Beverly Hills. O point fica localizado entre a Praia da Costa e a Praia de Itapuã e não é difícil de achar, você vai perceber quando chegar por lá. Dizemos que é a maior concentração de gente bonita por metro quadrado na Grande Vitória.

Praias da Ponta da Fruta e da Barra do Jucu reúnem a turma do surf. Para cada estilo, tem uma praia em Vila Velha.

Espírito Santo

Fotógrafo: Yuri Barichivich – http://www.yuribarichivich.com/

  • Vitória

Vitória é a capital do Espírito Santo e não é só capital, ela é uma Ilha-Capital. Ela está ligada a Vila Velha pela Ponte Florentino Avidos (Cinco pontes ou a 1ª ponte), Ponte do Príncipe (2ª ponte) e pela Ponte Darcy Castelo de Mendonça (3ª ponte) que é um dos maiores símbolos arquitetônicos da cidade, possui 3,33km de extensão, 70m de altura e 200m de distância de um pilar a outro, permitindo o acesso de navios de grande porte.


Quero começar mostrando um dos bairros símbolos da cidade: Jardim da Penha. Quem nunca se perdeu nesse bairro que jogue a primeira pedra. TODAS as praças são iguais (em rotatória) e com 5 ou 6 saídas que nunca sei para onde vão.

A capital tem muitos pontos turísticos, como o Parque da pedra da cebola, a praia de Camburi, o Pier de Iemajá e para quem gosta de ir “pros rock” (local badalado) tem a região do triângulo das bermudas, rua da lama…

Para quem quiser mais detalhes de Vitória, vou deixar aqui o link da Expedia Brasil sobre a capital.

Espírito Santo

Fotógrafo: Yuri Barichivich – http://www.yuribarichivich.com/

  • Domingos Martins – Pedra Azul

Domingos Martins é uma das muitas cidades românticas do estado. A apenas 40 minutos da capital, você já está na Serra Capixaba e pode curtir o friozinho das montanhas.

Espírito Santo

Fotógrafo: Everton Dos Santos Gonçalves – https://www.facebook.com/evertonsg21

A cidade foi colonizada por imigrantes Pomeranos e italianos e mantém a cultura europeia através de suas construções típicas e festas folclóricas.

A principal atração de Domingos Martins é o Parque Estadual da Pedra Azul, que tem piscinas naturais, cachoeiras e trilhas.

Não tem como deixar de fora do roteiro!!! Dá só uma olhadinha no vídeo.

  • Ibiraçu – Mosteiro Zen Morro da Vargem Zenkoji

O Mosteiro Morro da Vargem foi fundado em 1974 pelo monge japonês Ryohan Shingu, pratica o budismo e está aberto para visitações aos domingos.

O local é lindo e fácil de chegar, pois está a somente 66 km da capital. Saindo de Vitória é só seguir no sentido norte da BR – 101 até avistar o Portal Torii, do Mosteiro.

Espírito Santo

Fotógrafo: Yuri Barichivich – http://www.yuribarichivich.com/

Um pouco mais sobre o Espírito Santo

Ainda tem mais?

Tem muito mais! Mas infelizmente não dá para escrever tudo que esse estado tem.

Espero ter passado um pouquinho do que sinto pra vocês e fica uma dica: não basta conhecer o estado, vocês precisam conhecer os capixabas também. Afinal, quem mais no mundo, sente “gastura” de “taruira”?

Brincadeirinhas a parte, amo o estado e a maioria dos meus amigos são capixabas. Pra quem não entendeu as gírias usadas no post, deixo aqui um “dicionário de gírias capixaba” (NO FINAL DO POST).

CONGO – PATRIMÔNIO IMATERIAL DO ESPÍRITO SANTO – FOLCLORE

IMIGRAÇÃO POMERANA – WTF?


Dicionário de gírias capixabas

Capixaba não ESTOURA a bola; ele “POCA”.
Capixaba não vê LAGARTIXA; vê “TARUÍRA”.
Capixaba não DESEMBARCA DO ÔNIBUS; “SALTA”.
Capixaba não anda de ÔNIBUS, ele anda de “TRANSCOL”.
Capixaba não SE ESPANTA; fala “IÁ!”
Capixaba não liga o PISCA; “DÁ SETA”.
Capixaba não para no SEMÁFORO; para no “SINAL”.
Capixaba não come PÃO FRANCÊS; come “PÃO DE SAL”.
Capixaba não usa ESPONJA; usa “BUCHA”.
Capixaba não acha SEM GRAÇA; acha “PALHA”.
Capixaba não sente AGONIA; sente “GASTURA”.
Capixaba não acha LEGAL; acha “MASSA”.
Capixaba não se STRESSA; fica “INJURIADU”.
Capixaba não acha sem AÇÚCAR; acha sem “DOCE”.
Para o Capixaba, tudo que é GRANDE, tb é “CHAPOCA”.
Capixaba não ROUBA, “CATA”. Ex. Catei a borracha de Fulana!
Capixaba não VAI AO CENTRO, vai a “CIDADE”.
Para o capixaba as coisas não ESTRAGAM, “DÃO TILT”.
Capixaba não fala NÃO, fala “É RUIM, HEIN!”
Capixaba inicia as frases com “HEIN, aqui, deixa eu falar”.
Capixaba não vai na casa DA fulana, vai na casa “DE” Fulana.
Capixaba não SAI a NOITE, ele vai “PROS ROCK”, mesmo se “os rock” for Techno, Axé, Reggae, Pagode, Funk… Ex. Onde é o Rock hoje?
Capixaba não come BOLACHA, come BISCOITO.
E se a manga não está nem madura e nem verde? Ela tá “DE VEZ”.
E para finalizar: Capixaba fala “VÉI” ou “BICHO”.

Sobre Gisely Bohrer

Gisely Bohrer
Mineira de nascimento, Vila-Velhense (canela-verde) de coração, analista de importação, estudante de Turismo, blogueira e viciada em esportes. Trekking, corrida e musculação ocupam boa parte do seu tempo livre. Começou no trekking através do Clube de Desbravadores e desde então é sua paixão. Além dos esportes, ama viajar e ler um bom livro. Vive tudo intensamente para esta vida ser suficiente.

13 comentários

  1. Muito legal esse resumão, Gisely! Temos que divulgar cada vez mais o ES, tem muita coisa boa aqui. E não podemos ficar dependendo das secretárias de turismo para isso, podemos nós mesmos fazer parte dessa divulgação.

    • Gisely Bohrer

      Oi João, como vc disse é um resumo do resumo rsrsrs O ES é muito mais que isso. É muito lindo 🙂

      Obrigada pelo retorno e fico feliz que gostou do post. 😀

  2. Edvander Araujo Nepomuceno

    Parabéns, Gisely! Ótimo texto! Também adoro o Espírito Santo, mas, ao contrário de você, sou muito suspeito em falar(rsrs), já que sou canela verde e capixaba de nascimento. Amo demais o meu estado e não tenho pretensão de me mudar daqui.

    • Gisely Bohrer

      Oi Edvander. Me considero canela verde tb, não nasci em VV mas morei 11 anos e é minha casa de coração.

      • Edvander Araujo Nepomuceno

        Gisely, estou curtindo seu blog de montão, muitas boas dicas de trekkings, de filmes e livros! Alguns desses já li/assisti. Nem tinha reparado que havia me respondido.

        Sucesso para seu blog e que ele inspire cada vez mais aos aventureiros.

  3. Parabéns, para mim uns dos mais TOPs falando sobre o Espírito Santo.

  4. Parabéns pelo post Gisely, eu vou compartilhar com certeza. Sou capixaba da gema, como vc adoro o estado, pois o que mais gosto é praia e montanha. Isso não falta aqui né. Conheço todos esses locais, já subi Mouxuara, Mestre Alvaro, Pico da Bandeira lado ES… Conheço Pancas, realmente lá é um paraíso para quem gosta de Pedra e Escalada.
    Mais uma vez, parabéns pelo post, bjos.

  5. Olá Gisely, parabéns pelo seu post. Realmente o capixaba tem uma infinidade de destinos para visitar mas é pouco explorado. Pra mim é um paraíso.

  6. Muito massa a matéria, mesmo, Gisely!…rs só esqueceu de mencionar um pouco o sul do estado, pelo menos as praias de Guarapari e o Monte Aghá em Piúma… as gírias também estão certíssimas! Hehe Tem uma antiga, de Guarapari, que eu e outros maratimbas já espalhamos por outras cidades e estados: “Toxo”, com x mesmo, que seria o equivalente a “atochar”… para quando você quer mandar alguém tomar naquele lugar!… kkk Em Vitória e Vila Velha, muitos já aderiram! Rs bjão e parabéns pelo site!

    • Gisely Bohrer

      Oi Alan… se eu fosse falar do ES todo ninguém ia conseguir ler o post rsrsrs pq realmente são muitos os lugares maravilhosos.

      Obrigada por acompanhar 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome. & GeekyCube.